top of page

Conheça os principais pontos estratégicos da Mensuração de Brand Equity



A mensuração de Brand Equity é muito importante porque esse processo trata do valor da marca. Torna-se importante, portanto, que os empreendedores entendam como fazer essa mensuração de Brand Equity.

 

Empreendedores e gestores de marketing que estão familiarizados com o mundo dos negócios sabem que uma empresa não é feita apenas de dinheiro para alcançar o sucesso.


Existem muitas organizações com recursos financeiros de sobra, mas que não conseguem se sustentar no mercado porque não se atentam ao seu brand equity.


Por outro lado, negócios que investem nesse sentido conseguem obter resultados expressivos, independentemente do tempo de atuação. Mas para saber como mensurar o valor da marca, primeiro é necessário compreender seu conceito.


Só assim a organização vai conseguir orientar suas decisões e estratégias para gerar valor para o público, fazer com que as pessoas entendam seus benefícios e o quanto seus produtos e serviços podem aumentar a qualidade de vida.


A organização precisa se posicionar como negócio capaz de gerar valor para que assim consiga despertar o interesse por parte dos consumidores.


Para compreender melhor o assunto, este texto vai explicar o que é brand equity, onde suas estratégias são aplicadas, como calcular o valor da marca e quais são os tipos que existem dentro do marketing.


O que é Brand Equity?


Brand Equity é o valor da marca, porém, é algo intangível, pois se difere do patrimônio físico da empresa. Na verdade, ele engloba os critérios abstratos de avaliação.


Isso significa que não se trata apenas de uma identidade facilmente reconhecida, mesmo porque, muitos negócios são conhecidos no mercado de maneira negativa.


O que realmente importa nesse sentido é a maneira como os clientes encaram a organização, pois sua percepção faz diferença nos lucros e na valorização da companhia.


O branding de um consultório dermatologista de animais tem a função de fortalecer a marca, portanto, um bom trabalho nesse sentido vai gerar o brand equity.


Com base nesse conceito, fica claro que quanto mais forte for a imagem da empresa, maior será seu valor de mercado.


Onde aplicar as estratégias de Brand Equity?


As estratégias de brand equity podem ser aplicadas de várias formas, e o primeiro passo para fazer isso é encontrar a voz da empresa.


Isso é importante porque as pessoas gostam de se identificar com ideias, atitudes, culturas, valores e outros elementos referentes ao comportamento humano.


É assim que uma organização consegue se tornar referência em determinado ponto ao longo de toda a sua trajetória. Por exemplo, uma marca pode se tornar conhecida por defender o meio ambiente, a produção sustentável e por valorizar a beleza natural.


Ao defender um ideal, uma empresa especializada em jardim vertical passa a desenvolver a voz da marca, e é com isso que vai criar valor para seus clientes e embasar suas estratégias e campanhas publicitárias.


Mas as organizações também precisam ter constância em suas atividades, pois só assim vão criar relevância na sociedade. O branding representa a consistência do negócio, e é por isso que ações isoladas não criam valor para os consumidores.


Ao longo do tempo, esses objetivos podem simplesmente se perder, portanto, precisam de uma continuidade. Nesse sentido, esse deve ser um ponto de atenção na mensuração de Brand Equity


Organizações que possuem um alto engajamento nas redes sociais são aquelas que conseguem manter uma frequência em suas estratégias e alcançam mais pessoas, ao mesmo tempo em que estreitam o relacionamento com elas.


Outro ponto fundamental para trabalhar o brand equity é conhecer profundamente o mercado. Não é possível gerar valor para os consumidores se a organização não sabe exatamente como é seu segmento de atuação.


É muito mais difícil entender as necessidades do negócio e propor algo inovador quando não se tem ideia sobre seu funcionamento e os desejos dos clientes, por isso, a pesquisa de mercado é um processo essencial.


Como fazer a mensuração de Brand Equity?


Descobrir qual é o valor da marca é importante para que ela possa alcançar suas metas, e existem vários métodos para fazer isso.


Uma confecção de uniforme privativo hospitalar pode usar o método baseado em custo, feito a partir do cálculo do gasto empregado ao longo da construção da imagem da marca para melhorar o valor dos produtos e suas conversões.


Ele pode ser comparado ao aumento do mark-up e da margem de lucro do negócio, além de ser monitorado para definir os aspectos de valorização ou desvalorização que podem acontecer ao longo do tempo.


Outra opção é o método baseado em mercado, podendo ser feito até mesmo por empresas de fora, com base nos resultados de mercado, dentro da pesquisa de benchmarking.


Nesse caso, é necessário fazer uma comparação analisando a percepção da marca e o quanto isso pode significar em termos de preço cobrado pelo produto para o consumidor final.


Dentro desse método, um fabricante de portão social pivotante pode usar o valor residual, ou seja, descobrir o quanto a marca vale se descontar todo o patrimônio físico e digital, para chegar ao seu preço real.


Essa opção é muito interessante porque, atualmente, existem muitas empresas que são mais valiosas do que os patrimônios que possuem.


Quanto ao método baseado em faturamento, costuma ser o mais simples e usado dentro da mensuração de Brand Equity por organizações de todos os segmentos e tamanhos.


Trata-se de um cálculo mais direto, voltado para o premium do produto, que nada mais é do que a diferença de preço entre a peça do negócio e uma sem marca, multiplicando pelo número de vendas.


Um dos aspectos mais interessantes desse método é que ele pode equilibrar o valor em relação ao preço final do produto ou serviço, e o gestor pode decidir se mantém determinado prêmio que está aumentando as vendas ou aumentar o valor.


O objetivo de aumentar seu valor é ter uma margem maior e uma sensação de exclusividade por parte do público, mas isso depende das características da persona.


Independentemente do interesse da marca, como alcançar pessoas que estão pesquisando sobre serviço de paisagismo preço, realizar a mensuração de Brand Equity é essencial.


Tipos de branding no marketing


Existem diferentes tipos de branding no marketing e eles dependem do foco do negócio. Os principais são:


  • Branding corporativo ou comercial;

  • Branding de produto;

  • Employer branding;

  • Branding pessoal;

  • Branding nas redes sociais;

  • Branding político;

  • Country branding.

O branding corporativo ou branding comercial envolve o uso do nome, logotipo e outras características da marca para que possa ser identificada no mercado.


As organizações também podem investir no branding do produto para destacar as características de suas soluções e torná-las únicas e reconhecíveis perante os consumidores.


Uma empresa especializada em venda e instalação de piso laminado pode investir no employer branding para criar seu status de autoridade e cultivá-lo na mente dos colaboradores, pois isso melhora a percepção dos talentos.


Quanto ao branding pessoal, seu foco é desenvolver a representação de um profissional para promover sua carreira e criar uma marca individual.


Hoje em dia, é muito importante que as organizações estejam presentes nas redes sociais, por isso, também precisam trabalhar o branding nesses canais.


Trata-se do conceito visual do negócio nessas plataformas, as atividades que a empresa realiza dentro delas e o modo como as utiliza para se comunicar com os usuários.


O branding político, como o próprio nome sugere, é utilizado dentro da política, principalmente ao longo das campanhas eleitorais.


Uma nação também pode contratar uma empresa de panfletos e investir em outras estratégias para trabalhar o country branding. O objetivo é aumentar o interesse em relação ao país e atrair turistas e acionistas.


Essa prática é muito útil para facilitar exportações de produtos regionais e ainda fortalecer o sentido de identidade de seus cidadãos.


Mas quando se trata de uma marca, além de definir o tipo de branding que vai trabalhar, é fundamental que ele seja devidamente gerenciado, como mencionado, isso pode ser feito por meio da mensuração de Brand Equity.


É primordial estabelecer uma identidade sólida e definir os objetivos do negócio, assim como determinar o compromisso e garantir seu cumprimento, investindo em maneiras de melhorar a proposta.


A companhia também deve estar disposta a promover os valores de sua marca em diferentes ocasiões, além de investir em maneiras de manter a atenção no cliente.


Isso significa que um estabelecimento especializado em lavagem automotiva profissional precisa trabalhar a interação com os consumidores para ganhar a confiança do público.


Considerações finais


Investir em brand equity é muito importante para que o negócio se transforme em uma verdadeira potência dentro de seu segmento de atuação.


Mas ele precisa ser devidamente planejado, por meio das estratégia de mensuração de Brand Equity, e contar com as melhores estratégias de marketing digital para alcançar os resultados esperados.


Mais do que mostrar o valor de sua marca, a companhia será capaz de envolver as pessoas emocionalmente, uma vez que compartilha com elas os mesmos ideais e expectativas.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page