top of page

Entenda como os escritórios de advocacia podem ser mais digitais e ter sucesso com seus clientes


O mundo jurídico é conhecido por seu tradicionalismo, sendo que vários de seus ritos datam desde a época do Império e, até mesmo, de antes. Contudo, seguir tradições não significa não se modernizar e muitos escritórios de advocacia já chegaram a essa conclusão.


Manter-se atualizado e aplicar as novidades mais recentes para sua área são chaves para qualquer negócio que pretende ser competitivo e atrair novos clientes. Além disso, deve-se considerar que alguns avanços tecnológicos podem, inclusive, reduzir custos operacionais.


Por isso, quando se fala em ampliar a modernização de um escritório de advocacia, é preciso compreender que isso pode se dar em diversas frentes, desde um bom uso de redes sociais até mesmo utilizar programas de computador para acompanhar prazos.


Outro ponto fundamental é garantir que as mais recentes decisões e julgados estejam disponíveis para leitura de atualização dos profissionais que integram a banca jurídica, por isso, automatizar a chegada desse tipo de conteúdo pode ser essencial.


Essas são apenas algumas das muitas aplicações para tecnologia que estão presentes na chamada Advocacia 4.0, a modernização do exercício jurídico e dos profissionais que são operadores do Direito em toda sua estrutura, desde estagiários até sócios de escritórios.


Por que modernizar um escritório de advocacia?


Muitas pessoas, em especial profissionais com vários anos de mercado e vasta experiência na atuação na área jurídica, podem pensar que a modernização é desnecessária e que apenas muito estudo é importante para que um profissional siga se destacando.


Contudo, estudo e atualização estão diretamente ligados à modernização, até mesmo por permitir segmentar e facilitar o acesso à informação. No ramo jurídico, diariamente centenas de novas decisões passam a integrar o sistema, influenciando casos que virão a seguir.


Assim, da mesma forma que é importante que um pintor esteja a par das novidades do mercado e novos lançamentos de produtos, como tinta seladora para parede externa, o advogado também deve estar muito atualizado.


Em especial, quando se trata de temas específicos, saber o que têm sido decidido e como os tribunais têm entendido é um diferencial na atuação do profissional do direito, seja qual for o ramo que advogue.


Por isso, é comum que advogados assinem revistas e publicações impressas que trazem as informações mais recentes, bem como optem por acompanhar newsletters e e-mails periódicos de tribunais que trazem as mais novas decisões sobre temas.


Saber, hipoteticamente, que o STF autorizou o licenciamento de tanque de combustível pode ser uma informação essencial no momento de atender um cliente que recebeu uma multa e visa regularizar a situação de seu veículo, por exemplo.


Por isso, manter-se a par dos julgados que mais se destacaram e que têm potencial de influenciar novas decisões é parte da rotina da maior parte dos advogados em exercício, compondo uma fonte viva de atualização constante.


Justamente por isso pode ser extremamente útil para o profissional facilitar esse acesso através de softwares que já realizem filtros entre as decisões disponíveis, cataloguem para otimizar a consulta e permitam a visualização por ementa.


Outro ponto é que, ainda que o profissional já disponha de um site e que demonstre trafegar bem entre recursos tecnológicos, cada dia novas ferramentas são disponibilizadas e negligenciar de sua aplicação pode significar ficar para trás em um ramo tão competitivo.


O que um escritório pode ou não fazer nas redes?


Para além das possibilidades de marketing que as redes sociais oferecem em abundância para os escritórios de advocacia, é muito importante considerar que o Código de Ética da OAB regula, de forma rigorosa, as formas que um profissional pode expor seu serviço.


É possível, por exemplo, que um escritório patrocine um evento e que tenha um painel pantográfico backdrop com o nome da banca jurídica, funcionando como uma espécie de propaganda, ou, ainda, que o escritório figure em revistas especializadas.


Felizmente para os profissionais que atuam de forma ética e responsável, a OAB fiscaliza ativamente e pune ações que demonstrem violação do Código de Ética, garantindo que não haja concorrência desleal e captação de clientela de forma antiética.


No art. 7º do Código de Ética e no art. 34 do Estatuto da Advocacia, a prática de captação de clientela é vedada, sendo considerada a prática de expor informações como dimensão do escritório, diferenciais e expor clientes de causas ganhas.


Outro ponto importante é que é vedado também o oferecimento de consultas gratuitas, de divulgar listas de clientes e demandas, além de vetar também a divulgação de honorários dos serviços e de incentivar litígios.


Por isso, há restrição das formas que um advogado pode expor seu serviço de forma ética, prezando pela divulgação de informações sérias e importantes para o público, mas não infringindo o disposto pela OAB.


Contudo, o que não é vedado é o uso de depoimentos de clientes satisfeitos, que constituem uma excelente forma de demonstrar a expertise do escritório, já que o marketing por indicação sempre é um diferencial caminhão.


Por isso, contar com o auxílio de uma equipe especializada em marketing digital jurídico pode ser uma excelente forma de tirar proveito do melhor que as redes sociais podem oferecer, sem correr o risco de infringir nenhuma regra ética.


Além disso, é necessário ter clareza de que público é buscado e de que maneiras é possível se comunicar com esse público, em especial utilizando uma linguagem que possa ser bem entendida.


Apostar em uma boa estratégia de marketing digital pode funcionar até mesmo como uma pintura fachada de loja, ou seja, tornar o negócio ainda mais atrativo para os clientes, tornando a procura maior e ampliando o portfólio do profissional.


Benefícios da modernização dos escritórios


Entre as diversas vantagens que podem ser elencadas quando se trata de modernização dos escritórios de advocacia, o uso de redes sociais para oferecer notícias e conteúdo para clientes é apenas uma das formas de aderir a novidades no mundo jurídico.


Esse tipo de conteúdo pode ser divulgado tanto em diversas redes sociais como também no site do escritório, por meio do uso de um blog.


Nesse site, é possível mostrar alguns ambientes do escritório, com sanca de gesso aberta com led, e seus sócios. A modernização oferece, entre muitas vantagens, possibilidades de:

  • Gerenciar melhor prazos;

  • Organizar demandas internas;

  • Divulgar conteúdo e notícias para potenciais clientes;

  • Exposição do escritório e seus sócios;

  • Divulgação de serviços de forma discreta e moderada.

Entre as formas que permitem a exposição dos profissionais de maneiras permitidas pela OAB, a criação de vídeos informativos também pode ser uma excelente maneira de informar e fazer-se conhecer por clientes em potencial.


Se uma pessoa está buscando resultados de pintura metalizada automotiva, certamente procurará vídeos sobre o tema. O mesmo, por mais diverso que pareça, pode ser dito sobre um tema jurídico.


Hoje em dia, muitas pessoas preferem ver vídeos para se informar sobre algum tema do que ler em textos, que podem ser considerados maçantes. Por isso, vídeos bem feitos e com boa edição podem ser uma porta de entrada para novos clientes.


É sempre importante considerar que todo conteúdo produzido deve ser imaginado respondendo perguntas e fornecendo informações para clientes leigos, que estariam buscando respostas em profissionais bem capacitados.


Outros pontos muito importantes para consideração é a possibilidade de ampliar a organização do escritório, através de softwares que organizem as demandas entre os diversos profissionais presentes na firma.


Com isso, se há um caso de distribuidor de detergente que um advogado está à frente juntamente com outros profissionais juniores e estagiários, será bem mais simples organizar e controlar quais demandas devem ser cumpridas por cada profissional.


Além disso, esses programas de computador também podem oferecer lembretes de prazos e acompanhar diretamente os sistemas dos tribunais, facilitando imensamente a vida dos profissionais que dependem do cumprimento estrito de tais prazos.


Considerações finais


Por mais que o ramo jurídico apresente-se de uma forma bastante conservadora e pautada em tradições, é fundamental modernizar tanto as formas de apresentar o escritório para o público quanto de realizar seus processos no cotidiano.


Para isso, o uso de redes sociais e sites para publicação de informações, de notícias e de conteúdo especializado consiste em uma alternativa permitida pela ética profissional para que se consiga clientes, tratando-os de maneira sóbria e informativa.


Além disso, é possível escolher softwares que automatizam a organização de demandas, bem como forneçam as mais atualizadas decisões para que o advogado possa se informar e manter-se sempre bem atualizado.


Manter a tradição e saber valorizar o que sempre deu certo é muito importante, contudo, abrir espaço para modernização e entender o que pode ser um diferencial para o futuro do escritório de advocacia.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page