top of page

Metaverso: como isso impactará no futuro da sua empresa?


Em 2021, o metaverso se tornou um assunto em destaque e desde então muito tem se falado sobre o assunto. Porém, ainda assim, existem muitas pessoas que não compreendem seu conceito e o que ele será capaz de fazer.


No entanto, gestores e empreendedores precisam estar atentos a esta pauta porque ela vai influenciar muito nos resultados dos negócios. Embora ainda esteja dando os seus passos iniciais e não seja algo para ser usado agora, ele vai chegar até nós.


Um exemplo da aplicação do metaverso é o ensino a distância, por meio da criação de ambientes virtuais que possibilitam a interação remota entre professores e alunos, criando uma experiência imersiva, didática e dinâmica.


O cenário está ajudando a criar oportunidades em vários setores da economia e vai movimentar muito dinheiro até o ano de 2024. A tecnologia está avançando a passos largos e o metaverso é a grande promessa do século.


Para entender um pouco mais sobre o assunto e esclarecer suas dúvidas, neste artigo, vamos explicar a importância do metaverso nas empresas, os benefícios que trará para os negócios e de que maneira poderá ser usado.


Importância do metaverso para as empresas


O metaverso é importante para as empresas por diversas razões, e a primeira delas é o fato de que cria oportunidades de vendas. Esse recurso possui infinitas possibilidades, principalmente para quem quer vender mais.


Mas, para usá-lo nesse sentido, gestores e empreendedores precisam criar possibilidades para atrair o público que está cada vez mais exigente e imediatista.


Uma empresa de conserto de portão de alumínio pode seguir alguns exemplos de marcas famosas e criar bens digitais para fortalecer sua presença no metaverso, como no caso de uma loja virtual.


A tecnologia também é importante porque melhora a experiência do consumidor. Todas as marcas precisam encontrar maneiras de agradar seus clientes, e o metaverso oferece algo imersivo e interativo.


Uma marca de perfumes firmou parceria com os jogos de realidade virtual para disponibilizar conteúdos em vídeos, concursos, desafios e bots exclusivos. Com isso, conseguiu ampliar o diálogo com a audiência e promover experiências diferenciadas.


Isso quer dizer que, futuramente, todos os negócios poderão divulgar seus produtos e serviços em um ambiente 100% digital, e ainda oferecer benefícios exclusivos para consumidores que conheceram a loja no metaverso.


Estar atento a essa tecnologia e trabalhar com ela no futuro também é importante para romper barreiras geográficas. A expectativa é de que os usuários poderão até mesmo visitar vários lugares do mundo, sem precisar sair de casa.


Um dos maiores exemplos que temos até o momento são as compras em lojas virtuais, e pessoas de qualquer lugar do planeta podem comprar roupas, sapatos e outras mercadorias onde bem quiser.


Elas podem escolher uma tela de aço para piso, eletrodomésticos, produtos de higiene pessoal, dentre muitas outras possibilidades.


Entretanto, é importante dizer que para atrair o público no metaverso, a organização vai precisar repensar suas estratégias digitais, principalmente aquelas que vendem exclusivamente pela internet.


Isso porque praticamente tudo o que está no metaverso pode ser comercializado dentro dele, portanto, as marcas deverão entender como as pessoas agem no universo digital e como vão adequar seus hábitos de consumo a essa nova realidade.


Benefícios do metaverso para as empresas


O metaverso é uma tecnologia que ainda se encontra em estado embrionário e é pouco acessível para a população, no entanto, possui um grande potencial para mudar completamente a maneira como as pessoas vivem.


Como promessa é de uma realidade futura, ele vai interferir na sociedade de várias maneiras e em várias atividades, como:

  • Interagir;

  • Trabalhar;

  • Viajar;

  • Se relacionar.

Inclusive, o metaverso vai mudar a forma como as pessoas se relacionam com as marcas, portanto, os negócios precisam estar atentos a todas as tendências e informações sobre o assunto.


Uma empresa de treinamento de bombeiro militar, assim como as próprias pessoas, já pode começar a sentir os impactos do metaverso no mundo real, tendo em vista que grandes organizações estão correndo para lançar experiências exclusivas.


De acordo com um estudo conhecido como Metaverse Hype e desenvolvido pelo Instituto Gartner, a tendência é que até 2026, cerca de 25% da população mundial passará, pelo menos, uma hora por dia nesse ambiente.


Com base nessa informação, fica claro que o metaverso pode trazer muitos benefícios para as empresas, como melhorar significativamente as experiências de interação entre elas e os consumidores que não estão conectados.


Também será muito mais fácil aumentar o engajamento do público e criar histórias e experiências criativas e imersivas, gerando, com isso, uma conexão mais profunda com os clientes.


Um fabricante de cortina de vidro varanda poderá criar produtos exclusivamente digitais, como uma coleção inteira de produtos que serão usados exclusivamente no universo digital.


As corporações poderão criar ambientes de trabalho virtuais, assim como as agências de viagem podem desenvolver roteiros de viagens imersivas.


Além disso, os treinamentos para os colaboradores poderão ser transmitidos exclusivamente no metaverso, reduzindo custos com locação de espaço e locomoção de funcionários.


Como as empresas poderão usar o metaverso


Como visto, o metaverso tem um grande potencial, mesmo ainda não fazendo parte do dia a dia da sociedade. Mas ele não tarda a chegar, assim sendo, os negócios podem se preparar para começar a usá-lo. Algumas dicas para fazer isso, são:


Escolher os alvos


A primeira coisa que a companhia precisa fazer é pensar no quanto seu público está gastando de tempo no metaverso para calibrar a velocidade com que vão se inserir nesse universo.


Por exemplo, se o público de uma empresa são as pessoas mais jovens, simplesmente não poderá ficar de fora dessa tecnologia por muito tempo.


Um fabricante de estrutura metálica para garagem deve estudar os dados demográficos de seu público, seus comportamentos e o quão rápido essas pessoas vão se mover para a realidade on-line.


Analisar a competição


Fale sobre membros de outras empresas que já estão fazendo coisas no metaverso, como disponibilizar uma vitrine durante uma reunião de liderança para fazer com que a pauta chegue ao conhecimento de toda a equipe executiva.


Muita coisa nesse assunto pode ser intimidante, principalmente para quem não o compreende bem. Além disso, ele é repleto de conceitos que levantam muitas dúvidas e podem ser de difícil compreensão, como blockchain e NFT.


Pesquisar aplicativos


É interessante se certificar se o metaverso oferece algumas oportunidades, não apenas para experienciar coisas diferentes, mas também para alcançar um propósito ou objetivos de longo prazo.


Por exemplo, por meio dele, uma empresa de limpeza de colchão a vapor pode investir mais em sustentabilidade, assumir compromissos com ESGs relacionadas à pauta e, assim, tornar suas estratégias mais mensuráveis.


O gestor precisa pensar no que ele pode simular no metaverso que permita trabalhar com abordagens sustentáveis e que atendam aos compromissos assumidos com os clientes.


Planejar a entrada da empresa


É interessante formar uma equipe de profissionais que vão formular um ponto de vista sobre de que maneira a organização vai entrar para o metaverso e quando isso vai fazer sentido para ela.


Já estão surgindo agências especializadas nisso e que observam os comportamentos da mídia de massa e tendências emergentes. Esta é uma ótima oportunidade para saber o que existe na carteira de clientes do negócio.


Uma empresa de compensado naval 25mm pode fazer alguns testes para verificar de que maneira vai se expor no metaverso e se suas escolhas são seguras e consistentes o suficiente para esse momento.


Manter o equilíbrio


Uma vez inserido no metaverso, é necessário estar preparado para o fato de que um espaço novo sempre apresenta riscos e recompensas, e todos precisam ser gerenciados corretamente.


O papel da companhia é tentar ter mais previsibilidade e estabelecer padrões, e após o ano de 2020, muitas organizações passaram a estar mais preparadas para essa mudança.


Assim como qualquer transformação, pode haver fracassos, mas é ainda mais arriscado deixar de participar de uma realidade que vai impactar o mundo todo.


Assim sendo, a melhor coisa que um fabricante de porta acústica para quarto pode fazer é pensar de que maneira vai se posicionar nesse ambiente.


Considerações finais


Se forem analisadas todas as mudanças relacionadas à tecnologia e a internet que aconteceram nos últimos anos, é possível perceber que elas impactaram a sociedade de muitas maneiras e no mundo todo.


O metaverso vai trazer mudanças ainda maiores, e elas estão relacionadas ao modo como as pessoas vivem, se relacionam e até mesmo na maneira como elas compram. Aliás, os hábitos de consumo vão mudar ainda mais.


As empresas precisam estar atentas a tudo isso para que possam se adaptar e acompanhar as transformações, sempre estando presentes no dia a dia dos consumidores em um universo completamente novo.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page